Como falamos acima, aqueles que desejam obter sua primeira habilitação devem conhecer quais são as categorias disponíveis. Confira a lista:

  • Categoria A: condutor de veículo motorizado de duas ou três rodas, com ou sem carro lateral. Exemplos: motocicleta, ciclomotor, motoneta ou triciclo.

  • Categoria B: condutor de veículos, cujo peso bruto total não exceda a três mil e quinhentos quilogramas ou cuja lotação não exceda a 08 (oito) lugares, excluído o do motorista; contemplando a combinação de unidade acoplada reboque, desde que a soma dos dois não ultrapasse 3500kg. Exemplos: automóvel, caminhonete, camioneta, utilitário.

  • Categoria AB: não é exatamente uma categoria, mas sim a junção das duas anteriores.

    PRECISANDO DE UMA HABILITAÇÃO PARA CARRO E MOTO ? 

  • Categoria ACC: condutor de veículos de duas ou três rodas com potência até 50 cilindradas. Essa categoria abrange exclusivamente as chamadas “Cinquentinhas”.

Além dessas, existem categorias que não estão disponíveis para a primeira habilitação.

Isso significa que, se você desejar se habilitar nelas, precisa aguardar alguns anos.

Confira quais são elas:

  • Categoria C: condutor de veículo motorizado utilizado em transporte de carga, cujo peso bruto total exceda a 3.500kg. Deve estar habilitado no mínimo há um ano na categoria “B”, não ter cometido nenhuma infração grave, gravíssima ou ser reincidente em infração média, durante doze meses. Exemplo: caminhões.

  • Categoria D: condutor de veículo motorizado utilizado no transporte de passageiros, cuja lotação exceda a 08 (oito) lugares, tenha a idade mínima 21 (vinte e um) anos, e ainda, estar habilitado no mínimo há dois anos na categoria “B”, ou no mínimo há um ano na categoria “C”. Exemplos: ônibus, micro-ônibus e vans de transporte.

  • Categoria E: condutor de combinação de veículos em que a unidade tratora se enquadre nas categorias “B”, “C” ou “D” e cuja unidade acoplada, reboque, semirreboque, trailer ou articulada tenha 6.000kg (seis mil quilogramas) ou mais de peso bruto total, ou cuja lotação exceda a 8 (oito) lugares.

    Além de um ano na categoria “C”, deve ser aprovado em curso especializado, treinamento de prática veicular e em situação de risco. Exemplos: caminhões com reboque.